quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Biblioteca 2.0: da biblioteca expositiva à biblioteca interactiva

Uma manhã completamente ganha em Évora!

O que é um bibliotecário 2.0?




Depois de uma óptima comunicação de Manuela Barreto Nunes Da Ilíada ao twitter, ou em busca da leitura perdida: perguntas e desafios para bibliotecas preocupadas com a promoção da leitura:


Hoje em dia, graças às novas tecnologias da informação e comunicação, nomeadamente a Internet, as ferramentas da Web 2.0 ou as facilidades dos telemóveis, a produção e publicação de informação democratizou-se e tornou-se acessível ao comum dos cidadãos. A comunicação de textos autógrafos em rede tornou-se um fenómeno do dia a dia. Quer isto dizer que, nas sociedades desenvolvidas, quase todos lêem e quase todos escrevem e são lidos, nomeadamente em mensagens rápidas e concisas. A leitura, em consequência, ao assumir aspectos de quotidianeidade por sua vez ligados ao estilo vagabundo, irrequieto e impaciente característico da informação virtual, parece assumir também uma natureza distinta daquela que tradicionalmente lhe é atribuída. Compreender os novos aspectos da leitura torna-se assim uma tarefa urgente e obrigatória para as bibliotecas que assumem como uma das suas principais funções a criação, promoção e desenvolvimento de hábitos de leitura sustentados. Sobre este tema teceremos algumas reflexões, e apresentaremos exemplos que apontam para uma compreensão do fenómeno, situados no campo das bibliotecas públicas e escolares.


Fomos surpreendidos pela EXCELENTE apresentação e contagiante entusiasmo da bibliotecária 2.0, Catuxa S. Garcia. Podemos saber mais sobre este programa fantástico aqui...
Biblioteca 2.0 O de Cuando La Oruga Se Convirtio En Mariposa
View more documents from Catuxa Seoane.

1 comentário:

Catuxa disse...

Moito obrigado pola mención. Foi un pracer ter a oportunidade de contar o que estamos a facer coa Web Social no meu traballo.