domingo, 2 de novembro de 2008

A GRANDE QUESTÃO


Fantástico o novo livro da Editora Bruaá!


Não admira que este livro tenha ganho o prémio da Feira de Bolonha para melhor livro na categoria Ficção. É uma daquelas obras aparentemente simples, cuja profundidade convida tanto crianças como adultos a reflectir sobre a grande questão:

Por que é que estamos aqui?

Na capa, a criança de Wolf Erlbruch abre os braços, num sinal de interrogação, em cima de uma meia lua, que não é mais do que a Terra quando espreitamos a contracapa. Ela coloca a grande questão que nunca será enunciada: “Porque estou eu aqui na Terra?”Em cada página dupla o autor dá respostas com humor, insólitas e ao mesmo tempo pertinentes. O número três responde: “Para saberes, um dia, contar até três”; a morte “Estás aqui para amar a vida”; o pato: “Não faço ideia”... depois vem a vez dos pais que alternativamente afirmam o seu amor: “ Porque a tua mãe e eu nos amamos”; “Estás aqui para eu te amar”...


De Wolf Erlbruch já conhecíamos:



O Mistério do Urso, responde, de forma doce e poética - à qual não é alheia uma certa tonalidade grotesca -, à célebre pergunta: como nascem os bébés?, neste caso os ursos. Porque "as cegonhas apanham rãs e de resto não fazem mais nada." "E "lá em cima, naquela nuvem, brincam os ursinhos antes de nascerem." pela A Cobra Laranja.




A Toupeira que queria saber quem lhe fizera aquilo na cabeça (só ilustração) pela Kalandraka.


Sem comentários: