sábado, 19 de julho de 2008

HÁ 17 ANOS, FOI... UM DIA DESSES


Um dia desses


de tanto me perder, de andar sem sono

por essa noite sem nenhum destino

por essa noite escura em que abandono

uns sonhos do meu tempo de menino

de tanto não poder mais ter saudade

de tudo o que já tive e já perdi
dona menina, eu me resolvo agora

a ir-me embora pra bem longe daqui.


um dia desses eu me caso com você

você vai ver ai, ai, você vai ver

um dia desses, de manhã, com padre e pompa

você vai ver como eu me caso com você


meu pobre coração não vale nada

anda perdido, não tem solução

mas se você quiser ser minha namorada

vamos tentar
não custa nada

até pode dar certo

ai ai

e se não der eu pego um avião, vou pra xangai

e nunca mais eu volto pra te ver.


Adriana Calcanhoto (ouvir aqui)

Sem comentários: