domingo, 16 de maio de 2010

A CASA


A casa ergue-se numa colina, nas proximidades de uma
aldeia. Sobreviveu a pragas, foi habitada por várias
gerações de uma família e, pedra sobre pedra, assistiu ao
passar dos anos, das décadas e dos séculos. Tornou-se
numa lenda, mas foi votada ao abandono, até que, no
século XX, voltou a renascer. A casa das vinte mil histórias
foi testemunha de mil e uma vicissitudes: felicidade e
desgraça, celebrações e colheitas, guerra e paz... Esta é a
sua história, de 1900 em diante, narrada por Patrick Lewis
em pinceladas poéticas de grande valor literário. As
ilustrações hiper-realistas do premiado artista Roberto
Innocenti fazem-nos viajar pelo tempo: desde as
mudanças sazonais até à transformação da paisagem,
passando pelos velhos costumes que vão mudando com o
avanço da tecnologia.

Este livro não seria o mesmo se não fossem a maravilhosa ilustrações (como sempre, aliás) de Roberto Innocenti, o vencedor do prémio Hans Christian Andersen para Ilustração de 2008. E que momento para este livro aparecer na minha vida!... Coincidência?

Sem comentários: