quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

O LIVRO NEGRO DAS CORES



  Mais uma maravilhosa escolha que a Bruaá resolveu trazer para Portugal. Tive este livro na mão muitas vezes e, apesar de lhe reconhecer quer a beleza quer a ousadia na abordagem, nunca o consegui comprar. É um livro que me inquieta, talvez por haver problemas sérios de visão cá por casa...


Ao clicar na imagem, podemos folheá-lo - o que, neste caso especialmente, não substitui a sensação incrível de o lermos nas/com as nossas mãos.


"A subtileza deste livro demonstra a beleza da percepção do mundo através dos nossos sentidos e na sua complementaridade. Convidando-nos a reflectir sobre como será aquilo que nos rodeia para quem não vê, esta grande obra obriga-nos a reformular o mundo através dos seus cheiros, sabores, texturas, sons; a recriar, de forma imaginativa, as coisas que nos envolvem. Um livro que nos lembra que há sempre mais para além do que vemos, um livro para redescobrir a riqueza sensorial do nosso corpo e determo-nos na beleza oferecida por essa sensibilidade. Exceptuando o texto, todo o livro é negro. No entanto, as ilustrações em alto relevo e o texto em braille, permitem experimentar as texturas e jogar com as descrições poéticas das cores." (Fonte: Bruaá)

Sem comentários: